Mentiras sobre o cabelo cacheado/crespo

Em 09.10.2015   Arquivado em Cabelo

Heeey pessoal, beleza? Tem um tempinho que não falo de cabelo aqui né. Eu estava doida pra fazer esse post descontraído para vocês, uma seleção de frases/mentiras, que o pessoal que engole essa ideia de assumir o crespo a seco, costuma falar e que já estamos (eu) de saco cheio de ouvir. São muitas frases, mas hoje selecionei apenas 9.

 

“É difícil de cuidar.”

Ficar na fila do salão por horas, depois sofrer com cheiro de química, puxão da cabeleireira que tem a mão pesada, ter queimaduras na cabeça e orelha por causa da chapinha e secador, me parece mais complicado de lidar.

 

“Não dá pra pentear.”

Claro que dá! Menos com ele seco, pois não queremos desmanchar nossos cachinhos e nem quebrá-los, certo?

 

“Você fica melhor de cabelo liso.”

Você tá dizendo que eu não fico bem com o cabelo que nasci. É sério?

 

“Alisar é a solução.”

Meu cabelo não está com problemas para que eu resolva.

 

“Não dá pra fazer penteados.”

Na imagem: Rayza Nicácio

Tem certeza? Aliás tenho um post com 3 penteados que eu mesma fiz, para cabelo crespo e curto, clique aqui pra ver.

 

“Não pode pintar, se pintar fica feio, não combina.”

O que você dizia mesmo?

 

“Está na moda.”

Não passamos por um loooongo processo de transição capilar, para finalmente consegui se aceitar, por causa de modinha. Isso não é só estética, é algo maior, é se aceitar sem preconceitos, sem precisar que os padrões da sociedade te diga como ser. Se se amar, amar sua história e seus ancestrais for modinha, eu apoio!

 

“Ninguém vai te querer com esse cabelo.”

Jura? E eu vou morrer por isso, né?

 

“É duro.”

Hahaha! Duro é o seu preconceito!

 

E aí se divertiram?! Cabelo crespo/cacheado é como qualquer outro, só tem formas diferentes, viu? Todos são lindos, apenas precisam de atenção, respeito e amor (essa é uma verdade). 😀 O que acharam do post?

Um xêru, um beijo e se cuidem! 🙂

 

Deixe seu amor aqui!

pessoas amando.

  • Nossa, adorei seu post! Meu cabelo não é cacheado… Era quando eu era pequena! Agora ele é só ondulado, mas por MUITO tempo eu deixei de usá-lo natural porque eu simplesmente não conseguia deixá-lo do jeito que eu queria. Aí só usava chapinha! De uns 4 anos pra cá resolvi “testá-lo” naturalmente e adivinha: AMEI o resultado. As pessoas vivem elogiando, perguntando se faço babyliss para deixá-lo assim ou assado!

    Hoje em dia eu arrumo ele do jeito que eu quero! Tem dia que uso liso, tem dia que uso ondulado… Mas o fato de eu não ser mais necessariamente escrava da chapinha já me deixa muito feliz! Porque tem aquele dia que você se atrasa pra algum compromisso, né? E o cabelo “natural” já não é mais um pesadelo para eu não sair com ele daquela maneira! 🙂

    Enfim, gostei do post como incentivo para as meninas! <3

    Nats | http://alemdomeumundo.com/

    • Raffaela Pacifico

      Nats, adoro suas visitas aqui no blog, de verdade! Obrigada por sempre está presente, fico imensamente feliz.

      Que legal que você aceitou seu cabelo natural, isso é demais, fico feliz em saber. Eu também era consideravelmente escrava da chapinha, eu não ia na esquina sem antes dá os “últimos toques” com a maldita chapinha kkkk, sem contar que eu tacava alisante nele (coitado!), depois que parei com essa “brincadeira” e passei pela transição capilar tudo melhorou, não precisei mais me arrumar duas horas e meia antes de sair pra qualquer lugar. Se alguém me perguntar se me arrependo, a resposta com certeza seria “não” rsrs.

  • Unshine

    Parabens pela coragem de falar sobre nosso cabelo, nasci com meu cabelo cacheadinho mas sofria muito MUITO bullying na escola e ate hoje não tenho coragem de entrar em transição por medo, sim tenho que confessar. Espero superar isso um dia.
    http://www.rumorandhorror.blogspot.com

    • Raffaela Pacifico

      Oii, obrigada! ♥
      Sabe, na maioria das vezes, deixamos de fazer tantas coisas que queremos por medo ou vergonha do que as pessoas dizem ou deixam de dizer. Coisas essas que às vezes poderiam mudar nossas vidas para sempre, quem sabe para melhor. Me refiro a tudo, sabe?
      Devemos viver da forma que acharmos melhor, esquecer esses padrões que a sociedade adora impor. Clichê falar isso né? Mas é verdade. Se as pessoas te zoavam por seu cabelo ser cacheado, é por culpa desses padrões. Mostre para eles que seu cabelo é lindo. O mundo é cheio de diversidades, de pessoas diferentes, raças diferentes, pensamentos diferentes. Porque nossos cabelos precisam ser iguais e de “preferência liso/alisado”? Pois é isso que a sociedade diz né. Ser igual é tão chato, concorda?
      Por isso que amo quando as meninas falam de cabelo crespo e cacheado e eu pretendo falar mais disso aqui no blog.

      Tomara que um dia você tome coragem e solte a cacheada que existe em você, rsrs, mas se não tomar, tá tudo bem também, o importante é você se sentir bem consigo mesma e se amar do jeito que estiver. Estamos combinadas? 😉

      Um xeru, se cuida!