Categoria "Textos"

Compartilhe sentimentos bons!

Em 19.06.2015   Arquivado em Textos

Ela está sempre com muita pressa, mal cumprimenta as pessoas por onde passa, está sempre atrasada para alguma coisa, querendo chegar a algum lugar, não repara que as horas passam e que essas horas se tornam dias, semanas, anos… E quando percebe já é tarde demais, aquela pessoa querida se foi, os amigos já não são mais os mesmos, ela não é mais a mesma.

E aquele pensamento de que poderia ter feito diferente invade sua cabeça. Aquele pensamento de que poderia ter cuidado mais das pessoas que ama, ter reparado mais, ter dito eu te amo nas horas mais imprevistas, ou ter dado um abraço carinhoso em alguém especial.

Porque esperar os anos passarem e as pessoas irem embora para a ficha cair? Porque precisamos perder algo, para percebemos que amamos?

Eu não sei as respostas desses porquês, mas sei que podemos mudar a forma como tratamos o próximo. Quantas pessoas você abraçou hoje? Disse eu te amo para aquela pessoa querida? Ligou para um amigo/parente distante só pra saber como ele está? Acredite, os pequenos gestos, aqueles mais simples e sinceros gestos, fazem bastante diferença.

Compartilhe sentimentos bons, sempre!

Esse é mais um dos meus antigos textos. Espero que vocês tenham gostado!
Twitter | Facebook | Instagram | Bloglovin

Do que você sente saudade?

Em 09.05.2015   Arquivado em Textos

Do que você sente saudade? Dos momentos passados? De pessoas especiais? Ou nem tão especiais assim, mas que de alguma forma marcaram sua vida? De um objeto? De um animalzinho de estimação? Ou de um dia marcante?

Se me fizessem essa pergunta nesse exato momento, talvez não saberia o que responder ao certo, pois sinto saudade de um monte de coisa, que nem dá pra contar nos dedos. Não sei se diria que sinto falta do tempo em que eu era criança e corria pelas ruas só pra me sentir livre, sem medo de cair, sem preocupar com o que vão achar!

De brincar na areia, rolar no chão, fazer comida de lama e dizer que era de “chocolate” com uns “ingredientes secretos” rs e depois ouvir bronca da mãe por que aquela roupa brilhando de limpa estava só a lama.

De não me preocupar com nenhum problema, porque problemas são para adultos  e eu nem sabia ainda o que queria ser quando crescer.

De ganhar bala da moça gentil do mercado da esquina. De brincar de esconde-esconde na rua e esconder nos lugares mais “secretos” e perigosos possíveis, ao ponto de cortar o pé e ouvir outra bronca da mãe por que só vivia descalça.

Do tempo de escola, quando minhas únicas preocupações eram estudar, conversar e comer a merenda na hora do recreio, haha. Da pizza da semana passada. Do meu cachorrinho que infelizmente faleceu. Dos momentos felizes.

É, acho que diria isso, dos “momentos felizes”, pois resume em apenas três palavras todas as opções anteriores.

Sei que a saudade é o sentimento mais puro e sincero que existe e se te fez lembrar, daquele dia, daquela pessoa ou daquele momento, quer dizer que foi de fato verdadeiro e feliz.

Por isso você não deve ficar chateado(a) com as lembranças que vem frequentemente, pois se elas existem é por que de algum modo, elas são especiais pra você! 😉

 

 

 


Esse é um texto que tinha feito há um tempo atrás, nessas noites de insônias que ocorrem quase sempre rsrs, estava bem nostálgica. Não tinha certeza se deveria postar, mas tomei coragem e está aí rsrs.

E agora quero saber. Do que você sente saudade nesse exato momento? Não tenha vergonha pode ser de qualquer coisa, estou ansiosa para ler.

Página 15 de 15«1 ...1112131415