Categoria "Textos"

E se você pudesse voar?

Em 01.08.2015   Arquivado em Textos

E se você pudesse voar? Quando me perguntam qual poderes mágicos eu gostaria de ter, voar sempre vem primeiro na mente.

Imagine as coisas incríveis que poderia fazer, ver o mundo lá do alto, voar até as nuvens, ver a lua de pertinho. Sentir o vento bater no rosto e dá até um passeio com as gaivotas, porque não? Poder sentir o gosto da liberdade, de viajar para aonde quiser e na hora que quiser.

Que incrível seria poder voar na velocidade da luz, ir para Paris ver a Torre Eiffel se acender à noite e, depois do show de luzes, voltar para casa na mesma hora. Ou quem saber ir para o Japão, Austrália ou Orlando, eu sempre quis conhecer Orlando. Fico imaginando ver as coisas lá de cima, sem medo de cair, de me machucar, seria tão maravilhoso, tão libertador, você não acha? Sonhar não custa nada né? Ainda bem rsrsrs! 🙂

Sonhos

E você, quais poderes mágicos gostaria de ter?  Vamos sonhar um pouco! Posts beeem curtinho, mas feito de coração. 😉
Twitter | Facebook | Instagram | Bloglovin

Cabelo da moda?

Em 29.07.2015   Arquivado em Cabelo, Textos

“Todo mundo agora resolveu voltar aos cachos!”

“Esses cabelos assim estão na moda né? Estão ‘usando’ muito ultimamente.”

“Você só assumiu por causa da moda?”

Pera aí…Oii? Moda? Desde quando cabelo natural é moda? Vamos começar de novo, certo?

kindumba da Ana

Ultimamente, muitas moças e rapazes (sim, rapazes) estão assumindo os cachos/crespos de volta, inclusive eu, que há 1 ano e 7 meses atrás em 22 de dezembro de 2013, mostrei para quem quisesse ver como meu cabelo era de verdade, sem chapinha e alisantes, e não tive vergonha de mostrar minhas raízes. E não, não fiz isso por moda, nem porque fulana que mora ao lado do cicrano fez também. Eu fiz isso por mim, pelo o meu bem estar, pela a saúde do meu cabelo.

Quando fiz o BC (Big Chop – Grande Corte) que é cortar toda a parte alisada do cabelo, eu ouvia muitas frases iguais a essas aí em cima, uma pessoa chegou a me ligar, perguntando quando iria alisar meu cabelo de volta e se eu nunca mais iria alisá-lo (pode isso Brasil?!).

Ops, estou saindo do assunto aqui hehehe…Voltando ao assunto da moda.

No dicionário diz o seguinte: “Moda é o uso passageiro que rege, de acordo com o gosto do momento, a maneira de viver, de vestir etc.”. Então concluímos que, cabelo natural NÃO É MODA, pelo simples fato de ser NATURAL, ou seja, já vem na pessoa desde que ela nasce, aquele cabelo é dela. Moda é você começar a usar aquela peça de roupa por que é tendência para essa estação, não confunda esse movimento com uma bota que todo mundo resolve usar no inverno e abandonar no verão.

Se a maioria estão assumindo seus cachos/crespos e largando a chapinha/relaxamento/alisante, é por que estão se aceitando, estão aceitando suas raízes. Até porque, para ficar com ele natural, a pessoa passa meses, até anos de luta contra as duas texturas, vive brigando com espelho tentando amenizar a diferença, passa por um processo longo com a auto estima baixíssima por causa das texturas diferentes. E aí descobre como seu cabelo é, porque tem gente que alisa desde pequeno e acaba esquecendo a forma como ele é de verdade.

Então não me venha dizer que nós assumimos os cachos/crespos por causa de modinha, rebeldia, ou algo do tipo, porque não é justo ouvir isso de pessoas que nem sabe o que passamos quando resolvemos ser quem somos!

Isso tem é outros nomes, QUEBRA DE PADRÕES, ANCESTRALIDADE, HISTÓRIA, ACEITAÇÃO! 😉

a kindumba da ana

 

O que vocês acham sobre isso? Concorda com alguma coisa que eu escrevi? Não? Diz aí!

Acompanhem as redes sociais do blog pra receber em primeira mão as novidades de postagens e muito mais!
Twitter | Facebook | Instagram | Bloglovin

Beijos e se cuida!

 

 


Ainda sinto sua falta

Em 01.07.2015   Arquivado em Textos

Que tal ler o texto ouvindo I’m with you – Avril Lavigne?

 

Doeu sabia? Doeu ver você partir. Doeu ver você com outro alguém. Doeu saber que você está feliz, sem mim. Nunca vou esquecer a forma como você saiu da minha vida, deixando pra trás toda a nossa história que demorou anos para construirmos. Sam ainda chora, pois sente sua falta.

E eu acho que sou mais fraca do que você, ou é o que você quer que eu pense? Pois te ver com outra pessoa, doeu muito, como se alguém enfiasse uma faca em meu peito, mais e mais. Eu tentei segurar a lágrima que implorava pra cair, eu tentei, eu juro que tentei.

A verdade é que mesmo que o tempo passe, a gente nunca se acostuma com a perda. Ainda lembro do dia em que te conheci, estava andando na rua quando acidentalmente nos esbarramos e naquele exato momento eu me apaixonei  por você, coisa de louco eu sei, agora essa cena vem e vem na minha mente, como um filme que acabo de assistir. Fico me perguntando se você ainda se lembra?! Ah, Sam está novamente chorando, olhando para seu retrato e eu choro junto, pois não aguento vê-lo assim.

Sinto um vazio tão grande aqui dentro, como se um pedaço de mim estivesse faltando, um pedaço da minha vida, da nossa história, que você preferiu apagar. Nós éramos tão felizes, agora a saudade só aumenta, cada vez mais e mesmo sabendo que talvez você nem volte, quero que saiba que estarei aqui, te esperando, por que eu te amo!

Mari

 

 

 

Mais um texto meu. Vocês gostam de textos? Quer que eu continue postando mais? Diz aí!
Twitter | Facebook | Instagram | Bloglovin

Página 14 de 15«1 ...101112131415Próximo