Playlist: Sem Neura

Quem não gosta de ouvir uma música e ficar de boa? Botar o som no volume alto e cantar “aquela” música que te faz sair de si. Quem não gosta não é mesmo?

Quem não gosta de ficar deitado na cama olhando para o céu/teto enquanto aquela melodia doce e intensa navega em seu ouvido, caindo no seu coração?

Foi pensando nisso, foi por meu amor por música que criei essa playlist a muito tempo no Spotify e hoje resolvi compartilhar com você.

Ela tinha outro nome, dei uma organizada, adicionei algumas músicas retirei outras que não me preenchiam mais e pronto.

Espero que você ouça, está no Spotify e o nome é simplesmente “Sem Neura”. Ppra ouvir sem bad ou com bad (você decide, haha).

Se liga na play:


Espero que curta, diga aí o que achou!

 

Um beijo!

Tag Meu Cabelo

Para essa terça eu gravei uma tag chamada Meu Cabelo, já tinha visto algumas meninas respondendo há muito tempo. Achei interessante, pois é o assunto do canal e é até uma forma de vocês conhecerem o meu cabelo melhor.

Ela tem 12 perguntas e achei as perguntas no site Perguntas Para Tags.

Seria legal se vocês respondessem também as perguntas aqui nos comentários, assim eu poderia conhecer vocês um pouquinho. Eu iria amar ver as respostas, sério mesmo!

  1. Qual seu tipo de  cabelo(oleoso, misto, seco ou normal)?
  2. Defina basicamente como é seu cabelo natural?(Crespo, ondulado, liso, fino, grosso, armado, volumoso, pesado, ralinho etc..)
  3. Qual a cor natural?
  4. Você tem algum tipo de química nos cabelos?
  5. O que você mais gosta em seus cabelos?
  6. Se como mágica, pudesse fazer alguma modificação neles, o que seria?
  7. Está planejando alguma mudança (cortar, alongar, colorir, alisar etc)?
  8. Você acha que existem cabelos naturalmente lindos ou acredita que é impossível exibir cabelos bonitos sem algum cuidado especial?
  9. Gosta de cuidar dos seus cabelos sozinha ou prefere deixá-los nas mãos de profissionais qualificados?
  10. já teve alguma decepção ou se arrependeu de algo que fez ou fizeram em seus cabelos? Conte.
  11. Já descobriu algum truque, técnica ou produto que deixa seu cabelo melhor e não costuma abrir mão?
  12. Cabelo inspirador! Cite uma (ou mais) famosa(s) que você se identifica em relação aos cabelos?

 

Aperta o play e vem ver minhas respostas.

E aí o que achou? Sinta-se a vontade para dá sugestões!

Um beijo!

 

Logo pela manhã me veio um choro desesperador

Foto: Stocksnap.io

Logo pela manhã me veio um choro desesperador. Um choro eufórico, que se misturava com as gotas que caiam do chuveiro no meu banheiro.

Um choro misturado com sentimentos que transbordavam alegria, entusiasmo, tristeza e desespero. Um choro com tantos sentimentos confusos e apertados.

A alegria? Por que passei em uma universidade pública, em um curso que eu aprendi a amar muito, jornalismo. Por que as coisas se alinharam e poxa que libertador é saber que não mais pagarei (nem que seja 50%) para estudar.

A tristeza? Por mais empolgante, emociante e desafiador que seja esse novo caminho. Deixarei novamente uma cidade, amigos. Deixarei tudo o que construí aqui, para construir novamente em outro local. Deixarei sorrisos, abraços, histórias, para viver outras, com outras pessoas. E logo eu, que sofro tanto para me adaptar a lugares e pessoas novas.

Chorei e chorei muito, pensando em tudo o que irei passar e as saudades que irei sentir.

Mas quer saber, depois de me recompor e enxugar as lágrimas, tomei conta de que, esse é um novo começo, para fazer tudo diferente. É uma maneira de me redescobrir e descobri meus limites. Sei que morar longe dos meus pais será complicado no inicio, mas o ser humano acostuma com tudo, não é isso que dizem por aí?

O choro foi algo libertador. Como se correntes tivessem sido arrancadas de meu corpo. Acho que experimentar e viver coisas novas é assim né? Como se nos desprendêssemos do medo e da insegurança.

Foi como se minha alma tivesse se expressado: “Vem futuro, vem. Não tenho medo do que você preparou pra mim. Não tenho medo. Estou me livrando dele.”

Por fim, me veio um sorriso. Uma festa. Um grito. Um êxtase.

Por isso, meu bem, eu te digo, não tenha medo de enfrentar seu futuro. Coisas boas virão, elas sempre vem mesmo que demore um pouquinho.

Então, tenha paciência. Tenhamos paciência.

O futuro nos espera.

 

 


Me acompanhe e acompanhe o blog nas redes sociais: Intagram | Twitter | Fanpage | Bloglovin (para ver notificações de novas postagens em tempo real).