Acordei e não te vi

quando acordei

quando acordei

Hoje quando eu acordei e não te vi, não senti nada. Nem um frio na barriga. Nem saudade. Nem vontade de você. Não cai no choro, não dessa vez. Nem pensei em te ligar. Simplesmente levantei e segui normalmente.

Sinto muito meu bem, mas hoje percebi que minha vida continua a mesma, que eu posso ser feliz, respirar e viver sem você. Meu coração não vai morrer nem se quebrar e se isso acontecer com o tempo cicatriza.

Hoje percebi o quanto me amo e amo a minha companhia, que não vale a pena chorar todas as manhãs quando você não está. E daí se os móveis tem seu cheiro, a cama te chama, a foto que me deu de um retrato seu está na parede do meu quarto? Não me importo. Assim como eu, tudo isso pode superar. Aliás, já arranquei sua foto da parede.

Um relacionamento só dá certo quando duas partes inteiras se entregam uma à outra. Não uma inteira e outra metade. Duas metades até podem dá certo, se eles gostarem de amor meia boca. E meu bem, amor meia boca não é comigo. Gosto de acordar pela manhã com beijos de bom dia, ser puxada para perto enquanto estou tentando levantar da cama, receber um abraço inesperado enquanto estou lavando a louça do jantar que você fez, pois era a sua vez de cozinhar. Gosto de amores inteiros e você não foi nem a metade.

Sinto uma liberdade que adentra em meu peito e meu coração se alivia por saber que superei. Uma alegria me invade e não consigo me conter. Sinto muito bem, mas não sinto saudade sua, não mais.

Bloqueio criativo – quando falta inspiração

bloqueio criativo

bloqueio criativo

Acordo, penso em fazer várias postagens para deixar programadas durante a semana. Então ligo o computador, abro o blog, vou em nova postagem e “bam!” nenhuma ideia vem em mente. Aquela tela branca, aquele traço sumindo e aparecendo esperando meus dedos agirem para que magicamente as letras apareçam na tela, me assustam e só fazem com que meu bloqueio aumente cada vez mais. Anoto algumas coisas, mas tudo parece ser tão bobo, risco o papel, caminho, bebo água, olho para a rua, observo as pessoas, os animais, as plantas, “veja tem dois pássaros no fio do poste, estão namorando, que lindos!” e nada me faz ter ideia para uma postagem. Isso é tão frustrante!

Eu sei, você já passou por isso, quem nunca, não é mesmo? Pensando nisso, vim aqui dá dicas de como ativar sua criatividade e ajudar na hora do “ih deu branco” ou como todos chamam, bloqueio criativo, hahaha. 😀

assista filmes - bloqueio criativo

Assista filmes.

Muitos filmes, aproveita e faz uma pipoquinha, chama os amigos ou o love… Pensando bem… Assista sozinha (o), senão você não prestaria tanta atenção assim nas cenas haha. A cada filme que assistir, escreva no papel o que achou dele, os pontos fracos e fortes, escreva a história com suas palavras e essas coisas. Isso pode te render em algumas resenhas para o blog.

Ouça músicas.

As músicas contam histórias e algumas te levam para outro universo. Preste atenção no que elas estão te falando. Eu já fiz vários rascunhos de textos inspirados em músicas que andei escutando. E você ainda pode fazer uma seleção com as melhores músicas que anda escutando ultimamente ou as novas músicas que você passou a gostar. Dá super certo, experimente. 🙂

Leia livros.

Além das histórias te inspirarem a fazer vários textos e refletir sobre a sua vida. Você também pode fazer resenhas sobre eles, quem sabe até uma lista de livros que você leu durante a semana, mostre quais mais gostou ou não gostou, faça recomendações.

caminhe por aí - bloqueio criativo

Vá ao parque, caminhe por aí.

Observe as pessoas, repare em seus jeitos, na forma como tratam as outras pessoas, em como se comportam. Ou observe o ambiente a sua volta, os rios, vá à praia, zoológico, ponto turístico da sua cidade ou aquele lugarzinho maravilhoso que você tanto gosta de ir e não esqueça de levar a câmera para tirar várias fotos dos lugares explorados por você. Ah e chame os amigos, o passeio pode ficar mais divertido com eles e as fotos também. 😀

Conheça novos blogs.

Veja postagens de outros blogs, procure por novos cantinhos que merecem muito serem descobertos. No Facebook há vários grupos, no Google+ também, o que não falta é lugar para você descobrir novos mundos virtuais. Mas lembre-se que é para se inspirar e não copiar a postagem do outro viu? Aiaiai copiar é feio, é plágio e é crime, não façam isso, nunca!

E por último, mas não menos importante:

durma - bloqueio criativo

Durma.

Sim, durma, descanse a cabeça, sonhe! Assim, sua mente ficará descansada e as ideias virão com mais facilidade. Quem sabe você tem um sonho legal que possa compartilhar com seus leitores, eu adoraria ler uma postagem sobre isso. 😉

 

O que acharam das dicas? O que você faz quando tem bloqueio criativo?

Facebook | Instagram | Bloglovin | Tumblr | Twitter

Um grande beijo!

São tantas coisas

são tantas coisas

Às vezes as coisas fogem do controle e a situação já não está nas minhas mãos. Planejo tudo de uma vez, mesmo sabendo que não dou conta. Às vezes me sinto como um chiclete velho no asfalto, inútil. Tudo parece dá errado e acho que nunca irei resolver.

De repente, coisas pequenas se tornam grandes, tão grandes que até um titã morreria de medo. Problemas e mais problemas. O tempo não dá, eu sempre desejo que as horas tripliquem.

Faz isso, edita aquilo, copia aqui, mexe ali, corre aqui. O que eu estava fazendo mesmo? Às vezes acho que me cobro demais e a frustração toma conta de todo o meu corpo.

Me disseram uma vez que paciência é a base de tudo. E sinceramente, estou tentando acreditar nisso.

Paciência.

 

Fanpage| Instagram | Tumblr